terça-feira, 5 de agosto de 2008


Não sou bem um indío "galdério", mas gosto das coisas do campo. Tenho um gosto particular pela arte melancólica do sul, especialmente a milonga. Mas faz tempo que não ouço música cozida no fundo da alma. Essas dias me deu uma saudade daquela voz melódica numa música que fala dos rios do Rio Grande...rio Quaraí, Jacuí, rio Candiota, Camaquã, velho rio Santa Maria e por aí vai. Se algum leitor conhecer a autoria e coisa e tal, avise o pobre diabo aqui. A foto é do Ibicuí e saiu do site da Federal de Santa Maria.

2 comentários:

Anônimo disse...

buenas e me espalho
o nome da musica em questao eh aqguas nativas,de autoria de jose barros vasconcelos e marco aurelio vasconcelos, encontrei ela num cd do joao de almeira neto , coraçao de gaucho
muito bom teu blog
sucesso e abraços

Flavio disse...

Gracias, parcero! Em breve vou colocar no blog umas coisas que escrevi sobre a arte (poesia e musica) do RS. É uma espécie de análise do sentido filosófico da poesia e das letras de músicas gaúchas. Se for do teu interesse, volte aqui.

Abração

Flavio